UniRitter inaugura espaço de coworking

Mosaico busca integrar projetos de inovação

A tarde de quarta-feira, 18/10, foi de celebração no campus FAPA. Além da comemoração dos 46 anos do Centro Universitário Ritter dos Reis, também foi inaugurado um novo espaço para os alunos de todos os cursos: o Mosaico, o hub de inovação da UniRitter. Estiveram presentes a diretoria da UniRitter, professores, estudantes e convidados.

A reitora Laura Franz abriu o evento relembrando a história da UniRitter, fundada em 1971. Desde então, segundo ela, as dinâmicas do mundo mudaram, o Brasil passou por 14 presidentes e quatro moedas diferentes. Para acompanhar as constantes mudanças, é necessário estar sempre em busca do crescimento e da inovação, essência da instituição, de acordo com a reitora. Por isso, hoje, quando a ideia de colaboração é cada vez mais frequente nas empresas e instituições, a Ritter não podia ficar de fora. Com base na transdisciplinaridade e buscando uma nova forma de educação, além da construção e da disseminação de conhecimentos, idealizou-se o Mosaico.

Guiado pelas ideias de coworking, o Mosaico – Hub de Inovação (nome criado pelos alunos do Núcleo de Publicidade e Propaganda da Agência INQ) valoriza a colaboração entre estudantes e professores de diferentes áreas. O nome hub foi inspirado em conectores de informática que unem diversas redes, o que simboliza a integração dos cursos e dos campi. De acordo com a pró-reitora Bárbara Costa, o espaço também foi pensado para incentivar o empreendedorismo entre os alunos, movimento necessário em tempos de crise. O Mosaico surge também para ampliar a atuação dos projetos de extensão para além dos campi. “Pensamos no compromisso de formar profissionais capacitados em lidar com o mundo, rompendo o modelo de ensino restrito a salas de aulas”, explicou Bárbara.

Daniela Horta é a coordenadora do Hub e declara que o espaço promete integrar não apenas projetos, mas também ideias, pessoas e histórias, tornando o mundo mais humano e cooperativo. Cerca de 14 projetos devem começar a utilizar o espaço nos próximos dias. O Mosaico também conta com a Nexo, uma incubadora de empresas, que disponibiliza suporte a empreendedores para que eles possam desenvolver ideias inovadoras e transformá-la em empreendimentos de sucesso. Até agora foram dois projetos pré-incubados, selecionados via edital. Para o diretor da Escola de Ciências Humanas e Sociais, Marc Deitos, “ter um espaço junto com as outras faculdades, é a riqueza do espaço, um mosaico por congregar diferentes áreas e maneiras de atuar”.

Após a introdução, os presentes foram convidados para conhecer o novo espaço. Alunos e professores do curso de Gastronomia receberam o público com quitutes. Os convidados também tiveram a oportunidade de conhecer alguns dos projetos que utilizarão o espaço e projetos desenvolvidos por alunos e professores em sala de aula e na extensão. Um deles é o “Banco de Depoimentos – Edição Batalhadoras”, coordenado pela professora Daniela Israel. O projeto une depoimentos de mulheres que superaram o câncer de mama e busca passar uma mensagem positiva às que ainda estão em tratamento. Participam do Banco estudantes dos cursos de Jornalismo, Cinema, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas, que também organizaram atividades durante todo o mês do Outubro Rosa.

Também foi apresentado o projeto de extensão Young Energy, que no momento está buscando financiamento coletivo para a instalação de painéis solares no CENCOR (Centro Comunitário da Vila Orfanotrófio I), a fim de gerar energia de modo sustentável.

Este slideshow necessita de JavaScript.