Seminário discute Plano de Prevenção Contra Incêndio

Alunos e profissionais da área participaram do evento que aconteceu no dia 21 de março no Campus Iguatemi

O Plano de Prevenção Contra Incêndio – o famoso PPCI – é um dos aspectos mais importante quando o tema é a segurança em um projeto arquitetônico. Para atender todas as exigências do PPCI, arquitetos e arquitetas devem usar a criatividade e projetar uma construção funcional que, ao mesmo tempo, seja segura e apresente qualidade estética. Foi com o objetivo de auxiliar os profissionais nesse processo que a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura do Rio Grande do Sul (AsBEA-RS) promoveu com o apoio da UniRitter, no dia 21 de março, no campus Iguatemi, o seminário “Projeto Arquitetônico com requisitos e condicionantes de PPCI”.

O evento contou com a presença de três palestrantes: André Jabur Rodrigues, especialista técnico da Travelers Seguros; Sérgio Bandeira de Mattos, diretor da Isoeste; e Eduardo Estevam Rodrigues, Major do Corpo de Bombeiros.

O seminário começou com o presidente da AsBEA-RS, Vicente Brandão, que fez uma breve apresentação sobre a entidade. Na sequência falou o primeiro palestrante da tarde, André Jabur Rodrigues. Em sua exposição, ele explicou sobre os tipos de seguro e destacou as responsabilidades dos arquitetos e dos engenheiros. Também ressaltou a importância de os profissionais contarem, sempre, com uma assessoria especializada no tema.

A segunda palestra, de Sérgio Bandeira de Mattos, teve como abordagem o design com segurança. Mattos falou, por exemplo, sobre como projetar uma fachada bonita e que não se destrua com um incêndio. Além disso, mencionou produtos mais eficazes na contenção do fogo e que estão tendo um bom resultado na construção civil.

Após o coffee break, foi a vez da última palestra, com o Major Eduardo Estevam Rodrigues. Ele falou sobre os tipos de incêndio e sobre o que deve ser pensado, no projeto arquitetônico, para que as pessoas não fiquem presas dentro de um prédio caso haja alguma ocorrência. O Major ainda exemplificou os maiores erros de um projeto, citando a Boate Kiss como um exemplo que nunca deve ser seguido.

Este slideshow necessita de JavaScript.