Rádio UniRitter transmite segunda edição da Copa dos Refugiados

Semifinais e finais do evento acontecem domingo no Beira-Rio

O Brasil hoje passa por um momento de grande confusão: corrupção, aumento da violência, xenofobia. Em Porto Alegre não é diferente. Porém, infiltradas neste caos, também há boas ações, que, por vezes, podem passar desapercebidas. Um exemplo é a Copa dos Refugiados, um torneio entre times formados por migrantes que tem objetivo de gerar inclusão social. O campeonato acontece neste domingo, no estádio Beira-Rio, e terá transmissão da Rádio UniRitter. Serão 36 alunos credenciados produzindo fotos, vídeos, entrevistas e textos. Os estudantes terão o acompanhamento de oito professores e três técnicos de áudio e vídeo.

O evento foi idealizado e posto em prática pelo presidente da ONG África do Coração, Jean Katumba, que é imigrante do Congo. A primeira edição foi em 2014, na cidade de São Paulo. Em 2018, a Copa dos Refugiados será realizada em Porto Alegre pelo segundo ano consecutivo. Os sócios-diretores da Ponto Agência de Inovação Social, Cláudio Oliveira e Rodrigo Vicêncio, estão à frente da organização.

Além da agência, a edição também conta com diversas parcerias: ONG África do Coração, Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter), Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), Sport Club Internacional, Federação Gaúcha de Futebol, Esporte Clube São José, entre outros. A torneio é patrocinado pela Sunrice, marca de arroz que destina 25% do faturamento para projetos de auxílio a refugiados dentro e fora do Brasil. Voluntários também fazem parte da realização do evento – ano passado foram, aproximadamente, 120 pessoas.

Em 2017, o campeão foi o Coletivo, equipe formada por senegaleses e que disputou a final contra a Colômbia. Este ano a Copa dos Refugiados contará com oito times, somando 120 atletas de Angola, Colômbia, Guiné Bissau, Haiti, Líbano, Peru, Senegal e Venezuela.

A fase classificatória acontece no dia 2 de junho no Estádio Passo D’Areia. As semifinais e finais serão realizadas no domingo, no Beira-Rio, a partir das 13h30min. O evento contará com a participação e o apoio de atuais e ex-jogadores do futebol gaúcho. Além disso, olheiros do futebol amador do Rio Grande do Sul estarão acompanhando as partidas e analisando possíveis destaques.

O ingresso único tem valor de R$ 10,00 para o acompanhamento dos jogos nos dois dias. Todo valor arrecadado será destinado ao projeto Tunipiquês, que promove ação social disponibilizando cursos gratuitos de linguagem e cultura brasileira, com o objetivo de facilitar a integração do refugiado na sociedade e no mercado de trabalho.

Paralelo a todo esse empenho, haverá, também, uma ação visando oportunidades de emprego aos refugiados, na qual ocorrerá cadastro de currículos e encaminhamento para indústria, comércio e serviços. Para gerar mais oportunidades, será confeccionado um álbum de figurinhas com fotos e mini currículos dos jogadores e da comissão técnica.

Para mais informações e aquisição de ingressos da Copa dos Refugiados em Porto Alegre, acesse o site.

COPA DOS REFUGIADOS | FÓRMULA DE DISPUTA