Projeto Geração DUX é lançado no campus Fapa

Parceria da UniRitter com a Fundação Gerações conta com apoio de empresas como Grupo Gerdau, Vonpar e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho

Na manhã desta sexta-feira, 28 de abril, ocorreu no auditório do prédio 6 do campus Fapa o lançamento do Projeto Geração Dux, uma parceria entre a Uniritter e a Fundação Gerações com o apoio de Instituto Jama, CIEE, Grupo Gerdau, Vonpar e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho.

A cerimônia começou com as boas-vindas da reitora da UniRitter, Laura Frantz, e do CEO da Laureate Região Sul, Marcio Salvadego. A pró-reitora acadêmica Bárbara Costa também esteve presente, assim como a coordenadora executiva do projeto, Karine Ruy; a coordenadora pedagógica, Ana Lúcia Maciel; a docente responsável pela iniciativa, Camila Morales; e os alunos que participarão da turma de 2017, os chamados duxers.

Karine Ruy, Camila Morales, Laura Frantz e Marcio Salvadego no lançamento do Geração DUX

O projeto tem como objetivo criar líderes que desenvolvam um olhar para causas mais coletivas. A formação terá duração de 10 encontros e, a cada sábado, haverá uma atividade diferente. “Os duxers trabalham com reflexões teóricas e estudam cases de causas coletivas e inovadoras que deram certo”, explica a professora Camila, que ministra disciplinas no curso de graduação em Publicidade e Propaganda e na Pós-Graduação da UniRitter.

Durante a apresentação da iniciativa, a coordenadora pedagógica do projeto, Ana Lúcia Maciel, destacou a relevância do Geração Dux. “O programa desenvolve temas que consideramos pautas importantes para o desenvolvimento de um líder, como exclusão, economias criativas e responsabilidade social”, afirmou.

Mesa formada por Elis Radmann (E), Léo Voigt (C) e Juliano Corbellini (D)

O lançamento também contou com uma mesa redonda com a participação de Elis Radmann, diretora do Instituto de Pesquisa e Opinião-IPO; Juliano Corbellini, consultor de marketing político; e Léo Voigt, cientista político e diretor da Fundação Gerações. A mesa discutiu o cenário político e propôs uma reflexão sobre as atitudes individualistas de líderes e da sociedade em geral, fazendo um link com o objetivo da Geração Dux. “A Fundação Gerações foi criada para fortalecer a sociedade civil gaúcha e o seu principal serviço atual é o Projeto Geração Dux, que pretende ajudar o Rio Grande do Sul a preparar os jovens que vão protagonizar as organizações no futuro”, disse Léo Voigt, diretor da Fundação Gerações.

No final do evento, a mesa abriu o debate para que os duxers pudessem falar sobre suas percepções políticas e sobre o que os incomodava na situação atual do país. “Está na hora de o jovem ter voz! Está na hora de o jovem ser líder! Eu me identifiquei claramente com o projeto”, afirmou Gabriela Vieira, estudante de MBA em Negócios Digitais da Uniritter. Gabriela faz parte do grupo de 33 alunos que participarão da turma de 2017, a segunda do projeto.