Jornalismo da FACS terá seis trabalhos no 15º SBJor

Congresso de Jornalismo acontece de 8 a 10 de novembro na USP (foto), em São Paulo

A Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) divulgou na última sexta-feira (01/09) a lista com os aprovados para o 15º SBPJor – Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo. Os cinco professores do Núcleo Estruturante (NDE) do curso – Roberto Belmonte, Leandro Olegário, Matheus Felipe, Rodrigo Rodembusch e Mariana Oselame – e quatro alunos egressos, graduados no primeiro semestre de 2017, tiveram seus trabalhos aceitos na modalidade Comunicação Livre e também no 7º JPJor – Encontro Nacional de Jovens Pesquisadores em Jornalismo.

Para o coordenador do curso, Leandro Olegário, é motivo de orgulho ter todo o NDE presente no evento que é o principal espaço de discussões acadêmicas do Jornalismo no campo científico do Brasil. Para ele, é uma satisfação estar no encontro e articular com colegas de outras instituições de ensino. “É ter a possibilidade de divulgar aquilo que a gente pesquisa, tenciona e realiza, sempre procurando unir ou potencializar as estratégias de ensino, extensão e pesquisa para o Jornalismo”, afirmou.

O coordenador também diz que a possibilidade de ver alunos egressos assinando artigos e fazendo parte do campo de discussão científico da área de formação é enriquecedora para os professores. “Reforça a ideia de uma cultura de produção de conhecimento e de disseminação. A gente pretende cada vez mais poder estimular esse olhar crítico dos formandos, para que eles possam fazer a diferença no mercado de trabalho”. Olegário foi aprovado com o artigo que fala sobre a performance e experiência do telejornalista Caco Barcellos no Profissão Repórter. O trabalho é assinado também pelo professor Matheus Felipe.

Mariela Moraes foi aprovada com uma análise, orientada pela professora Mariana Oselame, sobre a diferente atuação entre homens e mulheres na cobertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Ela conta que se dedicou bastante ao TCC e que a ajuda da orientadora foi essencial para um trabalho nota dez. “É o segundo artigo científico que é aprovado em um congresso. Fico muito feliz e muito ansiosa para, novamente, poder compartilhar minha pesquisa com outros jornalistas”. Mariela conta que a ideia de inscrever o trabalho partiu da orientadora, que avisou os alunos sobre o encontro. “Eu achei ótimo poder tentar. Afinal é sempre um grande aprendizado. Além de outras pessoas poderem conhecer meu trabalho”, disse.

Já Guilherme Wunder, único egresso da UniRitter a assinar sozinho o trabalho, abordou o jornalismo em quadrinhos, com uma análise do estilo Joe Sacco de contar histórias. Wunder, que quer lecionar e se tornar especialista no tema, vê no congresso a possibilidade de valorizar mais o seu currículo para futuramente tentar uma bolsa de mestrado fora do país. “Os artigos científicos vão me ajudar muito nisso. A minha ideia é manter o foco e produzir mais trabalhos voltados nessa área”, ressalta. Ele também diz que a ideia de inscrição no 15º SBPJor partiu dele, mas que os professores têm motivado cada vez mais os formandos a continuarem produzindo trabalhos acadêmicos. “É uma vitória, com certeza. Esse é o primeiro trabalho que assino sozinho e eu tinha muito medo de não ser aceito. É algo muito grande e, na minha cabeça, era inalcançável”.

Somados a esses, Gabriela Fritsch, orientada pelo professor Rodrigo Rodembusch, foi aprovada com o trabalho que trata sobre o feminismo no texto jornalístico, estudando as produções digitais da seção Fôlego da Revista AzMina. Júlia Molina, única selecionada para o 7º JPJor, foi aprovada com o trabalho que, sob a orientação do professor Roberto Villar Belmonte, trata sobre o jornalismo literário de David Remnick em perfis de políticos internacionais, publicados na revista New Yorker. Eutalita Bezerra, Ângela Camara e Belmonte também foram aprovados com o trabalho que amplia a discussão a respeito da justiça ambiental no Cais José Estelita.

A programação detalhada, informando os locais de apresentação de cada trabalho, vai ser disponibilizada em breve no site www.sbpjor.org.br.

TRABALHOS APROVADOS NO 15° SBPjor

Justiça ambiental no Cais José Estelita: uma proposta de alargamento da discussão
Eutalita Bezerra Da Silva, Ângela Camana e Roberto Villar Belmonte

O feminismo no texto jornalístico: um estudo das produções digitais da seção Fôlego da Revista AzMina
Gabriela Fritsch e Rodrigo Severo Rodembusch

Caco Barcellos: a performance e a experiência do telejornalista no Profissão Repórter
Leandro Olegário e Matheus Felipe

Mulheres no estúdio, homens na rua: uma análise da cobertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016
Mariana Corsetti Oselame e Mariela Moraes Kessler

Jornalismo em Quadrinhos: uma análise do estilo Joe Sacco de contar histórias
Guilherme dos Santos Wunder

TRABALHO APROVADO NO 7° JBPJor

O Jornalismo Literário de David Remnick em perfis de políticos internacionais publicados na revista New Yorker
Júlia Cafruni Molina (orientação de Roberto Villar Belmonte)