Get Together Uniritter: alunos de intercâmbio participam de reunião com coordenadores

Evento promovido pelo International Office ocorreu no Campus Zona Sul

Reunir os intercambistas e professores para uma conversa sobre a experiência na universidade: esse foi o principal objetivo do Get Together UniRitter. Liderado pelo coordenador do International Office, Rodrigo Rodembusch, o evento aconteceu na tarde de quarta-feira (30/05) no Foyer do Auditório Master do Campus Zona Sul. Entre os participantes estava a professora Alessandra Camilo, responsável pela disciplina Cultural Studies: media and consumption, a primeira que está sendo ministrada no Módulo Internacional. “O projeto iniciou neste semestre e está sendo um sucesso reunindo alunos de diferentes cursos como Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Design e Relações Públicas”, destacou a professora.

O módulo internacional é totalmente em inglês e seguirá acontecendo no próximo semestre. Estudantes vindos do Peru, do México e de outras regiões estão convidados a participar. Em sala de aula, apesar de terem diferentes nacionalidades e cursos, os universitários se aproximam pelo idioma, já que todos falam inglês. “A ideia é promover a internacionalização e demonstrar aos nossos alunos que não há necessidade de viajar para ser internacional”, comentou Rodembusch. Outra proposta visa incentivar os alunos da Uniritter a serem monitores dos intercambistas, de maneira que auxiliem os recém-chegados com localização, passagem escolar, moradia e informações sobre a vida em Porto Alegre.

Para os alunos de intercâmbio, entre as principais diferenças em relação aos seus países de origem estão a ordem na fila de ônibus, a receptividade dos gaúchos, a quantidade de moradores nas ruas, os parques com belas paisagens e a comida pouco temperada. Além disso, durante o evento, eles destacaram a diferença dos gaúchos e do resto do Brasil. Quem visitou outros estados, principalmente São Paulo e Santa Catarina, notou a diferença cultural.

Coordenador dos cursos de Ciência da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Sistemas de Informação, Mozart Siqueira falou que sempre incentiva estudantes a buscar especialização em inglês e experiências internacionais. “É uma experiência de vida acadêmica muito importante para a carreira”, disse o professor sobre a procura por intercâmbio. Já Miguel Farina, coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, destacou a importância de ter estrangeiros dentro da sala de aula. Além disso, destacou: “Interessa aos nossos alunos irem para fora, ter novas experiências, conhecer novas tecnologias e novas arquiteturas”.

Este slideshow necessita de JavaScript.