Emoção e aprendizado na festa do final de semestre da Agência INQ

Alunos e coordenadores da agência de comunicação experimental se reuniram na tarde de quinta-feira (13/12) no campus Zona Sul

Oitenta e quatro publicações no site da Faculdade de Comunicação Social (FACS), organização de eventos complexos como o Job Date e o Momento RP, desenvolvimento da identidade visual de eventos como o Prêmio Rymsza de Criatividade Publicitária, reuniões, escalas, compromissos… Enfim, terminou mais um semestre de atividades da INQ, a agência experimental dos alunos da Faculdade de Comunicação Social (FACS) da UniRitter.

O segundo semestre de 2018 trouxe ainda mais inteligência e experiência em comunicação para os universitários. O aprendizado adquirido pelos alunos e a importância da agência na vida dos inquietos foram assunto unânime durante a festa que marcou o final do ano, na tarde de quinta-feira (13/12), no campus Zona Sul. O encontro reuniu alunos e os coordenadores dos núcleos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas da agência – Mariana Oselame, Francisco Santos e Luciano Suminiski, respectivamente.

A fala dos professores foi conduzida pela cumplicidade conquistada com os universitários, que potencializa o profissionalismo e fortalece a relação entre pupilos e mentores. Os coordenadores também destacaram a competência dos futuros jornalistas, publicitários e relações públicas, que os ouviam com atenção e brilho no olhar.

Entre um gole de refrigerante e uma mordida em um salgado ou doce, os universitários compartilharam as experiências que a INQ os proporcionou nos últimos anos. A importância da agência para a criação de portfólio e vivência no mercado, o surgimento de laços de amizade e troca de aprendizados permearam os discursos dos alunos.

Mais uma evidência do quanto os professores da INQ conseguem ensinar lições profissionais e da dinâmica diferenciada da agência foi o brinde entregue aos estudantes. Em sacolas de papel pardo, os inquietos receberam livros minuciosamente escolhidos para auxiliar na vida acadêmica, profissional ou pessoal – dependendo do desafio enfrentado – e uma garrafa de metal com o logo e lema da agência INQ.

O carinho impregnado na escolha de cada um dos presentes foi retribuído pelos alunos. Os universitários do núcleo de Jornalismo se uniram para comprar um chalkboard – um tipo de quadro impresso com frases e características de uma pessoa – e uma cesta de doces para a professora Mariana. Além destes presentes, os alunos elaboraram um vídeo com mensagens de agradecimento pelo apoio profissional e conselhos que a docente ofereceu a eles.

Ainda na atmosfera de confraternização, o núcleo de Relações Públicas da INQ organizou um amigo secreto entre os seus integrantes. Antes da troca de presentes, o coordenador do núcleo, Luciano Suminski, falou da competência dos universitários e citou os vários trabalhos realizados em 2018, como o Job Date, por exemplo, organizado por uma única estudante – Larissa Pereira – que teve a tarefa de coordenar todas as etapas do evento.

O papel da relação entre professores e alunos da INQ, assim como o protagonismo desenvolvido pelos estudantes ao longo dos semestres, também foram ressaltados no discurso do coordenador do núcleo de Publicidade e Propaganda, Francisco Santos. O professor destacou o profissionalismo dos estagiários da agência e agradeceu os alunos do núcleo que, apesar de formarem um time enxuto, executaram muito bem tarefas dignas de grandes equipes, como todo o planejamento visual do Prêmio Rymzsa de Criatividade Publicitária.

Mais um momento de emoção, entre tantos que ocorreram na tarde, foi a despedida das alunas que se formam em fevereiro de 2019 – Eduarda Oriques e Natália Silveira, do Jornalismo, e Miriã Antunes, de Relações Públicas. Natália falou sobre os aprendizados na agência e, sem conter as lágrimas, Duda se mostrou grata pela oportunidade e feliz por fazer parte de mais um ciclo da agência.

Este slideshow necessita de JavaScript.