Campus Fapa recebe aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Letras

Palestra teve como temática a indagação “Que leitor sou eu? Cultura, alteridade e leitura”

O Programa de Pós-Graduação em Letras da UniRitter promoveu, na quinta-feira (31/08), no campus Fapa, a aula inaugural ministrada por Adail Sobral, coordenador e professor do PPG da Universidade Católica de Pelotas (UCPEL). O evento teve como finalidade debater ideias a respeito da leitura e de suas etapas.

Intitulada “Que leitor sou eu?” – um trocadilho feito com o nome da novela da Rede Globo de 1989, “Que rei sou eu?” – a palestra do carioca Adail Sobral durou pouco menos de duas horas e marcou a volta de Adail a UniRitter. Com um viés informal, o professor transformou a aula em uma conversa que logo após virou debate. A proposta era mostrar aos participantes a importância da leitura, destacando que ela começa bem antes de se ler um livro.

Segundo ele, o processo da leitura tem início quando se faz “a leitura do mundo”, ou seja, quando se compreende o mundo antes de ler qualquer livro. Quando perguntado sobre a importância dos livros para a construção do ser humano, Adail destacou o lado crítico. “A leitura é um fator de cidadania. Quanto mais eu leio, mais eu compreendo, e quando mais eu compreendo mais crítico eu me torno e assim eu viro um cidadão melhor”, disse.

Para a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras da UniRitter, Rejane Pivetta Oliveira, a palestra, apesar de ser direcionada a Letras, é de tamanha importância que atinge não somente alunos do curso em questão, mas sim de outras áreas. “Esse é um tema fundamental na área de Letras, mas que toca também todas as outras áreas”, disse a coordenadora.

Em suma, a palestra de quinta-feira despertou no público o interesse pela compressão da leitura. Mostrou que ler é muito mais do que decifrar códigos ou interpretar um conteúdo. Prova disso é a aluna Sara Oliveira, graduanda do curso de Letras, que destacou a importância da aula inaugural. “A partir de agora vou analisar melhor os tipos de leitura que eu estou fazendo. Além disso, a palestra me ajudou a pensar mais em relação ao meu curso. Vou perceber melhor o que eu estou fazendo nele”, destacou Sara.

Este slideshow necessita de JavaScript.