Alunos da FACS viajam a Carlos Barbosa para conhecer a Tramontina

Pela primeira vez em 108 anos, empresa abriu as portas do Núcleo de Comunicação e Marketing para um grupo de estudantes

TEXTO | Loide Gonçalves 
FOTOS | Dafny Santos 

Na manhã de quarta-feira (03/04), um grupo de 24 alunos dos cursos de Relações Públicas, Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Produção Audiovisual da UniRitter tiveram a oportunidade de viajar a Carlos Barbosa para conhecer o Núcleo de Comunicação e Marketing da Tramontina. Organizada pelo professor de Relações Públicas e coordenador da Agência INQ, Luciano Suminski, a viagem teve como objetivo principal proporcionar aos estudantes o contato com a marca Tramontina, que segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha em 2016, é reconhecida por 97% dos brasileiros.

Recebidos com muitos sorrisos e aperto de mãos pelos funcionários – e também por Grasiela Pontin, coordenadora executiva de Comunicação, e Joice Patzlaff, coordenadora de Marketing Institucional e Fábricas – os alunos desfrutaram de um auditório confortável para uma palestra de aproximadamente duas horas.

Foi uma verdadeira aula de marketing, em que foram apresentados os desafios de se trabalhar em uma empresa tão grande. Durante a palestra, os alunos puderam ter acesso, em primeira mão, à campanha publicitária do próximo semestre. Além disso, receberam presentes da marca e conheceram a Factory Store. “Achei o evento enriquecedor. Tivemos a oportunidade de ver como a Tramontina trabalha na teoria e como coloca em prática”, disse a aluna Eskarlet Cardoso, do curso de Publicidade e Propaganda.

Líder do grupo, o professor Luciano Suminski avaliou a experiência como positiva. “Acredito que todos saíram de lá muito diferentes do que chegaram. Fomos impactados por muito conhecimento de estratégias, ações, campanhas, pensamentos e lógica dentro do setor de comunicação e marketing”, destacou o professor, afirmando que o grupo foi recebido com muito carinho em Carlos Barbosa.

“A área da comunicação muda todo dia, vocês não vão deixar de estudar nunca mais”, diz Grasiela Pontin

ENTREVISTA| Mariana Gomes

Formada em Publicidade e Propaganda pela Unisinos, Grasiela Pontin trabalha na Tramontina há 22 anos. Há 15 faz parte do Núcleo de Comunicação e Marketing. Ela já trabalhou em diversas áreas dentro da empresa como o setor de escritório, assistência técnica e desenvolvimento de materiais gráficos. Em conversa com a reportagem da Agência INQ, Graziela levantou vários pontos que foram de extrema importância para o processo de aprendizado sobre como o funcionamento da comunicação nas grandes empresas.

Como podemos definir, hoje, a Tramontina?

A Tramontina é uma empresa familiar gaúcha de metalurgia, com mais de 100 anos no mercado, atuando em mais de 120 países. Desde o início, a empresa tomou a decisão de trabalhar com uma marca única, contendo apenas algumas marcas mais segmentadas. Na parte de comunicação da empresa a equipe se organiza em cargos como gerente geral e coordenação executiva, além de ter núcleos como Marketing Corporativo; Marketing Digital; e Trade Marketing.

Como o Trade Marketing atua na empresa? Quais são os objetivos?

A equipe do Trade tem como principal objetivo analisar os novos meios de compra das pessoas, buscando assim uma filtragem melhor das necessidades do cliente. Hoje, temos uma dificuldade muito maior de fazer uma comunicação que prenda o consumidor. Além disso, o trade também tem como objetivo realizar uma melhoria de atendimento e qualidade, sempre em prol do consumidor. Já dentro do Marketing na empresa, a missão é contribuir para a valorização da marca em todas as suas manifestações. O marketing é um facilitador para que a empresa possa atingir seus objetivos.

Cada vez mais as pessoas estão migrando para o digital. Como vocês trabalham com isso?

Há dois anos a Tramontina começou com o e-commerce, que surgiu para integrar o virtual com o físico, possibilitando a escolha do consumidor final, mas não com a intenção de ser concorrente dos clientes diretos. Com o e-commerce, a interação entre público e empresa ficou muito mais clara, abre um leque de oportunidades. Uma dessas oportunidades é a possibilidade de saber mais claramente como está sendo a experiência do consumidor em relação aos produtos. A grande dificuldade da comunicação é justamente entender a dor do cliente e das fábricas e não apenas produzir o que os clientes acreditam que é a própria necessidade superficialmente.

A comunicação empresarial é essencial para qualquer empresa, ela liga o consumidor ao produto. Qual o papel da Comunicação na Tramontina?

Mostrar a diversificação de produtos, apresentar que o catálogo da Tramontina não se restringe apenas em utensílios de cozinha, mas contém também uma gama de produtos de jardinagem, móveis e até linha de interruptores. Para quem é da comunicação, fazer uma gestão com um portfólio tão amplo é um desafio diário.