Alunos desenvolvem projeto para Aldeia da Fraternidade

Propostas de ações de endomarketing foram apresentadas para a agência HappyHouse

Na manhã desta quinta-feira (25/05), quatro grupos de alunos dos cursos de Relações Públicas e Publicidade & Propaganda da UniRitter apresentaram para a diretoria da agência HappyHouse uma proposta de planejamento de endomarketing. O desafio foi proposto pelo professor Luciano Suminski, da disciplina de Planejamento de Comunicação Interna. Os estudantes tinham como objetivo criar ações para o projeto Aldeia da Fraternidade, atendido pela agência – a melhor proposta, escolhida pela diretoria que participou da atividade na UniRitter, será colocada em prática.

A atividade começou no dia 18 de maio, quando a agência apresentou um briefing para os alunos e falou sobre a Aldeia da Fraternidade, uma associação sem fins lucrativos que oferece oportunidades para centenas de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social (confira aqui a galeria de fotos deste dia). No dia 25 a dinâmica se inverteu: foram os alunos que apresentaram as suas ideias. “Para a disciplina foi um momento muito importante de aproximação com o mercado e de experiência profissional”, ressalta Luciano.

De maneira geral, os grupos trouxeram propostas voltadas ao reconhecimento e à demonstração de gratidão aos colaboradores da Aldeia da Fraternidade, como atração musical, dia do abraço, informativos especiais e criação de uma horta. De acordo com a diretora de Operações e Conteúdo da HappyHouse, Kerlin Dutra, o resultado final foi muito positivo. “Nós não tínhamos a expectativa de ver trabalhos tão bons e adequados ao briefing”, avaliou, ressaltando que mesmo que apenas um trabalho seja escolhido, todos apresentaram condições de ser executados. Além de Kerlin, irão avaliar as propostas dos grupos a atendimento da agência, Fernanda Kubiack; e a coordenadora da área de projeto e mobilização de recursos da Aldeia, Luara Cândido.

A atividade contou com a cobertura dos alunos de Jornalismo, da disciplina de Laboratório de TV, da professora Mariana Oselame.

Este slideshow necessita de JavaScript.